02 julho 2009

Imagem e Semelhança de Cristo

Hoje (01/07), estive no centro de São Paulo, mais especificamente no centro velho ali pelas bandas do Largo do Paissandu, para mudar um pouco a rotina em vez de ir de carro decidi ir de trem da CPTM. No trem entre a leitura de algumas páginas do livro "O Pastor Contemplativo de Eugene H. Peterson", eu me detinha observando o rosto da nossa gente trabalhadora, jovens, moças, senhores e senhoras, em busca do seu "pão de cada dia", em cada rosto uma história de lutas e derrotas, se estampava nas marcas deixadas pelo tempo e pelo cansaço em suas peles. Cheguei cedo a Estação da Luz, meu destino era a Conselheiro Crispiniano, como a loja que eu ia estava fechada ainda decidi andar um pouco mais lento e fui observando a nossa São Paulo com mais atenção. Não tinha nada tão novo, em meia a poças de urinas, deixadas ali, pela madrugada, mendigos, usuários de drogas, prostitutas e menores abandonados, saiam dos seus cobertores fétidos , para dar inicio a mais um dia de sobrevivência.

Quando estava chegando ao Largo do Paissandu uma cena em especial chamou minha atenção. Uma moça, que pelo "polido" vocabulário a muito vivia na rua batia boca, com uma senhora mal colocada em uma cadeira de rodas, não pude compreender bem qual o motivo da briga, mas muitas ofensas e raiva saída de sua boca, até que pude ouvir a palavra mãe. Era a mãe dela na cadeira de rodas, no fim de todos os palavrões que deixaria escandalizada Derci Gonçalves, a moça se virou para velha mulher na cadeira e cuspiu na sua face, foi justamente nesta hora que olhar para a face da idosa, que impotente naquela cadeira, não reagiu tão acostumada estava com tal violência. Nesta hora não pude me conter com tanta banalidade a vida humana chorei no meio da rua, ao interrogar o Criador um versículo da Bíblia veio a minha mente.


Gênesis 1.27 " E Criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou..."


Quando pensamos nesta citação, no verso que antecede em que diz não só a imagem, mas a semelhança de Deus somos nós, e fácil imaginar o quadro de uma criança de olhos arredondados, bochechas rechonchudas, sorriso nos lábios, ou mesmo o Cristo de Cabelos bem penteados de olhos azuis pintado nos quadros antigos. A imagem e a semelhança do que é belo e perfeito. Mas ao fitar os meus olhos nos viciados de craque, e cheiradores de cola do centro de São Paulo, ou mesmo das jovens prostitutas do Largo do Paissandu. Fico me perguntando, será essa também a imagem e semelhança de Deus?


Se essa for à imagem e semelhança de Deus. A quem nós nos assemelhamos, quando fechados no nosso ego ignoramos o mundo cruel, que nos certa. Lembro-me do Apostolo Paulo dizendo aos Romanos "Que toda criação geme, e esta juntamente com dores.." Rm. 8.22. Quanta dor naqueles olhos. Pensei na minha congregação e nos membros sorrindo e se saudando nos cultos dominicais, e como Paulo para os que estão em Efésios 1.3, pensei alto "Bendito o Deus e Pai nosso, Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais", somos deveras abençoados, temos de Cristo o melhor. Mas não podemos ficar insensíveis e impassível ao mundo a nossa volta, é preciso descer, do alto do nosso eu, sair dos bancos confortáveis das congregações, deixarmos de ser "Cristão de Banco" (Entenda-se Cristão que fica sentado na igreja e não Pastor Banqueiro), e viver a missiva da palavra de diz: "alegrar com os que se alegram e chorar com os que choram" Rm 12.15.



Ser Cristão não é um titulo apenas, é um chamado, faça a sua parte, ore, chore, pregue, console, evangelize não se conforme, não aceite o mundo como é. Cristo é a nossa esperança, se é nossa, é de todos os nossos irmãos, Imagens e Semelhança do Criador. Aquele que começou a boa obra é fiel para terminar, começa em mim, em ti, e passa de geração em geração. Prostituição, drogas, roubos, fome, marginalização tem jeito. Somos detentores das Boas Novas de Cristo. Rm. 13.11 "... é hora de despertamos do sono..."




Pr. Daniel Marcos


www.twitter.com/brotherdan10


www.youtube.com/brotherdan2

Followers